Câmbio 28/06

Voltar para informações

Com pouco mais de 40 mil habitantes, não faltam opções quando a dúvida é o que fazer em Dubrovnik. Não é à toa que a cidade mais visitada da Croácia recebe milhares e milhares de turistas todos os dias,
Dubrovnik é uma página viva da história e a céu aberto. Fundada no século VII, tornou-se uma das primeiras repúblicas do mundo (ainda no século XIV) e rival marítima de Veneza sob o nome de Ragusa.

Split, cidade da costa dálmata da Croácia, é conhecida por suas praias e pelo Palácio de Diocleciano, uma fortaleza central erguida pelo imperador romano no século IV. O palácio já abrigou milhares de construções e hoje ainda possui mais de 200. Dentro de seus muros de pedra branca e sob seus pátios há uma catedral e um grande número de lojas, bares, cafés, hotéis e casas.

As principais atrações de Split são:

Palácio de Diocleciano
Catedral de São Dômnio (Katedrala Svetog Duje)
Museu da Cidade (Muzej Grada Splita)
Riva
Bačvice Beach
Marjan
Uvala Kašjuni Beach

Zagreb, capital que fica no noroeste da Croácia, é marcada pela arquitetura austro-húngara dos séculos XVIII e XIX. No centro, a Cidade Alta abriga a Catedral de Zagreb, de estilo gótico e com duas torres, e a Igreja de São Marcos, datada do século XIII e com telhado de azulejos coloridos. Nas proximidades fica a rua de pedestres Tkalčićeva, repleta de cafés. Na Cidade Baixa está a praça principal, Ban Jelačić, além de lojas, museus e parques.

Melhor época para visitar: de abril a outubro

Quer conhecer? A UTL Operadora leva você!